Indicações

Lei da atração, o segredo da vida

Durante toda a nossa vida ouvimos coisas como “pensamento é poder” ou “querer é poder” ou ainda “querer, poder e conseguir”. Muitas vezes não damos muita atenção a esses sábios conselhos, que são um resumão da [BP=503706]Lei da Atração[/BP].

Muitos sabemos que o ser humano normal usa cerca de 5% de sua capacidade cerebral, podendo chegar a 20% no caso de pessoas especiais como superdotados, paranormais, etc. Se com tão pouco uso de nosso cérebro podemos fazer coisas maravilhosas, imagine se pudéssemos atingir 100% de nossa capacidade. Capacidade de cura, levitação, controle sobre nosso corpo (nascimento de pelos, localização de gordura, regeneração de tecidos e órgãos danificados) são apenas algumas das possibilidades, muitas delas já comprovadas em raras ocasiões entre pessoas comuns.

Se tudo que existe é composto pela mesma coisa – energia – somos parte de tudo que existe e nos relacionamos com tudo o que existe através da energia, algo intangível, que sempre existiu e sempre existirá, onipotente, onipresente – lembra algo? E uma força imensa que emana e movimenta energias é o pensamento.

Quando pensamos em algo bom, emanamos energia boa e atraímos para nós energias ressonantes, similares, harmoniosas. Da mesma forma se emitimos energia ruim, atrairemos o que é similar, ou seja, nada de bom. A velha sabedoria popular que diz que “tudo o que você dá, volta para você“. Dessa forma, é comum vermos pessoas bem humoradas e alegres continuarem felizes e pessoas mal humoradas e pessimistas se dando sempre mal. Todo mundo conhece alguém que sempre acontece tudo de ruim com aquela pessoa, tudo dá errado e ela pragueja dizendo ser “azarada”. Ela atrai isso.

Você pode fazer tudo dar certo, basta movimentar sua energia, primeiro com o pensamento, depois com o sentimento. Ao sentir-se bem, agradecido por tudo o que possui, pela vida, família, saúde, você atrai isso tudo para si. Ao desejar com fervor e acreditar que conseguirá realizar algo, você faz com que a energia ao seu redor providencie que você seja realizado.

O Universo conspira a seu favor

Se você está endividado não pense “quero não ter dívidas” ou pior ainda “por que não consigo saldar dívidas?”. Pense “eu vou ganhar um dinheiro X que preciso e mereço” e tente imaginar, faça força para pensar no que você vai sentir quando aquilo for alcançado. Sinta-se como se já tivesse alcançado o objetivo e mova sua energia para isso. Verá como a força do pensamento, aliado ao seu sentimento que você criará, são fortes o suficiente para mover a energia na direção que você deseja.

Nunca pense no que você não quer, sempre no que deseja. Se luta contra a guerra, seja pró-paz; se luta contra a fome, seja a favor da alimentação das pessoas; se luta contra a desigualdade social, seja a favor da igualdade. Entende a diferença? Se você alimenta o pensamento do que você é contra, mesmo você sendo contra alimentará um sentimento ruim, contrário ao que você almeja realmente. O pensamento positivo é 40 vezes mais poderoso que o pensamento negativo. Não desperdice energia pensando no que você não quer.

Esse texto foi completamente inspirado no vídeo-documentário O Segredo. Recomendadíssimo para todos aqueles que acreditam ou não em energia.

[BL]DVD O Segredo+Lei da Atração=523308, A Lei da Atração=505592, Verdades e Mentiras sobre a Lei da Atração=526804, Lei da Atração e Poder do Pensamento=512193[/BL]

33 Comments

  1. ORAÇAO DO VENCEDOR
    Eu (citar seu nome) DECLARO a todo o universo que a partir deste instante a minha vida e toda a minha realidade será inundada por rios de luzes, e neste momento a minha realidade será transformada.
    Eu (citar seu nome) venho SOLICITAR, de Deus todo poderoso, (fazer pedido). A tua palavra nos testifica – Pedi e Recebereis! Por isto sou confiante e na certeza de receber de vós os meus pedidos.
    Venho CONCRETIZAR porque a tua palavra Senhor afirma que o Reino dos Céus e a Prosperidade são tomadas por esforço. Quanto mais alto e grande for meus sonhos, serão minhas conquistas. Pois é dando que se recebe. “E Salomão ofereceu ali sacrifícios perante o SENHOR, sobre o altar de cobre que estava na tenda da congregação; e ofereceu sobre ele mil holocaustos.
    7 Naquela mesma noite Deus apareceu a Salomão, e disse-lhe: Pede o que queres que eu te dê.”
    Confiante na Lei Universal, e nas promessas contidas nas Santas Escrituras, venho de já AGRADECER, por todas as minhas conquistas, conforme já mencionei em meus pedidos deste dia.

  2. Fernanda Nogueira Schuttz

    Querido Manoel Netto,
    Suas colocações são pertinentes e é indiscutível que a força do pensamento positivo faz milagres.
    Agora, só ficar acionando o pensamento positivo para resolver todos os nossos problemas acaba sendo inútil, pois quase sempre é preciso arregaçar as mangas para concretizarmos nossos sonhos.
    Há um capítulo muito interessante sobre isso no livro do Philip Hill que analisa o livro da Rhonda Byrne. É um pouco longo, mas tive o trabalho de copiar inteirinho para sua avaliação. Gostaria de saber sua opinião sobre ele.
    Obrigada. Parabéns pelo blog. Beijo.
    Fernanda Shuttz

    Rhonda pulou o “como”

    O livro The Secret dá a impressão de que o trabalhoo é um recurso dos menos competentes. Sim, basta focar bastante no objetivo, que ele virá. Na página 51 Bob Proctor diz: “Se você fizer uma pequena pesquisa, ficará evidente que qualquer pessoa que já realizou alguma coisa não sabia como ia fazer aquilo. Ela apenas sabia que o faria”. Em seguida Joe Vitale concorda: “Você não precisa saber comoo é que isso vai ocorrer. Você não precisa saber como o Universo vai se rearranjar”.

    Vamos tentar entender melhor o que eles querem dizer? Na mesma página, um pouco mais abaixo, Rhonda interfere com sua observação sempre esclarecedora: “Como isso acontecerá, como o Universo trará isso até você, não é problema seu ou tarefa sua. Deixe o Universo fazê-lo por você. Quando está tentando imaginar como isso acontecerá, você emite uma freqüência que contém falta de fé – que você não acredita que já possui aquilo. Você acha tem de faze-loo e não acredita que o Universo o fará por você. O como não é sua parte no processo criativo”.

    Pára, pára, pára… Quer dizer que o “como” não é parte do processo criativo? Não me lembro de nenhum gênio da humanidade que tenha visto suas criações caírem em seus colos do nada. Sempre houve muito trabalho para se chegar a elas. Bem, para entender melhor o que Rhonda e sua trupe querem dizer com isso, pulemos para a página 55. Lá está:

    “Ação é uma palavra que pode implicar trabalho para algumas pessoas, mas a ação inspirada de jeitoo nenhum dará a sensação de trabalho. A diferença entre ação inspirada e ação pura e simples é esta: ação inspirada é quando você está agindo para receber… Imagine um rio sem corredeiras. Quando você está agindo para fazer alguma coisa acontecer, a sensação é a de que está indo contra a correnteza. A sensação de esforço será semelhante a uma luta. Quando estiver agindo para receber do Universo, você se sentirá como se estivesse sendo levado pela correnteza. A sensação será de algo fácil. Essa é a sensação da ação inspirada e de estar no fluxo do Universo e da vida”.

    Ok, quem trabalha no que gosta não sente tanto o trabalho. Há o prazer de se estar ganhando o pão em uma atividade prazerosa. Mas a dedicação e a disciplina para se chegar a um resultado são uma realidade, não se pode fugir delas. Por mais que algumas atividades dêem a impressão de ser apenas um lazer remunerado – como a de atleta ou artista plástico –, a verdade é que o processo criativo é, invariavelmente, doloroso.

    O “como” existe. E como!

    O Segredo diz para não nos preocuparmos com o “como”. A maneira de se fazer alguma coisa não interessa, já que o Universo conspirará a nosso favor.

    “Nossa tarefa não é descobrir o ‘como’. O ‘como’ se mostrará a partir de um compromisso e crença no quê” (Jack Canfield, página 84).

    “Os ‘comos’ são o domínio doo Universo. Ele sempre conhece o caminho mais curto, rápido e harmoniosoo entre você e seu sonho” (Mike Dooley, página 85).

    Na mesma página 85 a autora Rhonda Byrne explica melhor como o Universo entra em ação para trabalhar no seu lugar: “Quando você vê a imagem em sua mente e a sente, você se transporta para um ponto em que acredita que tem o que deseja agora. Também leva confiança e fé no Universo, porque se concentra no resultado final e experimenta a sensação disso, sem prestar nenhuma atenção a ‘como’ isso acontece. A imagem em sua mente vê o que você deseja como algo concluído. Seus sentimentos se referem a algo já dado. Sua mente e todo o seu estado de ser vêem como já tendo acontecido. Essa é a arte da visualização”.

    Bem, estou aqui com pena de Thomas Alva Edison (11/02/1847-18/10/1931), que poderia ter sentado em um sofá confortável e ficar imaginando como seria a luz elétrica, até que o Universo a acendesse na sua frente. Bem, não sei se agindo assim ele seria o inventor dessa novidade que alterou o mundo e mudou até a fisiologia do ser humano, que mudou seus hábitos e passou a dobrar sua atividade noturna.

    Ainda bem que Rhonda não havia lançado o seu livro nos anos 70 do século XIX, pois Edison, que trabalhava como um alucinado e só se permitia a pequenos cochilos, teve de testar mais de 3.000 materiais em busca do filamentoo perfeito, que iluminasse bastante e tivesse grande durabilidade.

    Na verdade, a lâmpada elétrica era sonhada por muitos outros inventores, como Nernst e Swan, por exemplo. Mas ninguém conseguia fazer a lâmpada brilhar por um tempo considerável. Em 1878, com 31 anos, Edison mergulhou na tarefa. Usou filamentos metálicos, não deu certo. Depois de vultosos investimentos e milhares de tentativas, descobriu que um fio de algodão parcialmente carbonizado, instalado num bulbo de vidro com vácuo, podia ser aquecido com a passagem da corrente elétrica até ficar incandescente, mas não derretia ou queimava.

    Um ano depois de iniciar as pesquisas, construiu uma lâmpada que permaneceu acesa por 48 horas contínuas. E no final do ano, nas comemorações do Natal, usou milhares de lâmpadas para iluminar uma rua inteira próxima ao seu laboratório, no subúrbio de Nova York. Mas Edison não ficou só neste evento.

    Entre seus 1.300 inventos patenteados, destacam-se ainda o gramofone, o cinetoscópio, o ditafone e o microfone de grânulos de carvão para o telefone, usado ainda hoje. Considerado um dos precursores da tecnologia do século XX, Thomas Alva Edison também é aclamado por muitos como o maior inventor de todos os tempos.

    Considerado com problemas de aprendizagem (“confuso da cabeça”) pelo reverendo Engle, professor da única sala de aula da cidadezinha de Milan, em Ohio, aos oito anos Edison saiu da escola para nunca mais voltar a freqüentar uma sala de aula. Filho caçula da ex-professora Nancy e do pequeno comerciante Samuel Edison, passou a infância e adolescência vendendo doces e jornais nos trens, lendo muito e fazendo experiências em um laboratório que instalou no bagageiro de um vagão.

    Longe de ter algum problema mental, Edison era inteligentíssimo. Seu QI foi calculado em 240. Aos 21 anos patenteou uma máquina de votar, mas não conseguiu vendê-la. Dois anos mais tarde criou um indicador automático de cotações da bolsa de valores e conseguiu negociá-lo por 40 mil dólares. Com o dinheiro, montou seu laboratório e decidiu que inventaria alguma coisa a cada 10 dias.

    Estou gastando bastante tinta para falar de Thomas Alva Edison não só porque ele é um dos nove gênios citados no prefácio do livro como uma das “maiores personalidades da história” a conhecer o Segredo, mas porque foi um dos maiores inventores da história. Assim, se ele realmente conhecia a lei da atração, ele deveria apenas esperar que as idéias brotassem do Universo, não?

    Pois Edison deixou algumas frases para a posteridade que demonstram uma atitude bem diferente do que Rhonda tenta nos passar. Por elas se percebe que, mesmo tendo uma capacidade mental bem superior à maioria dos mortais, ele era um trabalhador compulsivo, um obstinado e acreditava mais no trabalho do que no talento. Disse ele:

    “Um gênio é 1% de inspiração e 99% de transpiração”.
    “Tudo alcança aquele que trabalha duro enquanto espera”.
    “Um gênio é uma pessoa de talento que faz toda a lição de casa”.
    “Nossa maior fraqueza é desistir”.

    Não basta pensar o futuro

    O homem sempre pensou no futuro e imaginou coisas novas para facilitar sua vida. Até aí não há qualquer novidade. Porém, entre o imaginar e o concretizar, muitas vezes se passaram séculos. Assim como uma árvore não dá frutos antes de crescer, esticar seus galhos e abrir suas folhas e flores, o conhecimento humano parece pré-determinado a etapas de maturação. O fato de se saber exatamente o que se quer, aonde se quer chegar, não implica necessariamente em alcançar este objetivo.

    Em 1490 o multi-talentoso italiano Leonardo di ser Piero da Vinci (15/04/1452 – 02/05/1519) desenhou o “Parafuso Aéreo Helicoidal”, primeira tentativa de se construir um helicóptero. No entanto, a invenção só se concretizou em 1938, quase 450 anos depois, através do russo Igor Sikorsky, financiado pelo governo norte-americano.

    Se ter uma idéia exata do que se quer fosse o pré-requisito principal para se contar com novas tecnologias, há muito as cidades teriam carros voadores e o tele-transporte levaria pessoas de um continente a outro num piscar de olhos. Afinal, estas invenções já faziam parte do desenho animado “Os Jetsons” criado em 1962 por Joe Barbera e Bill Hanna, nos estúdios da HB Produtions. E ainda havia refeições completas em pílulas e empregadas domésticas robotizadas.

    O tele-transporte também era o meio mais corriqueiro de transporte humano em “Star Trek” (Jornada das Estrelas), série criada para a tevê em 1966 pelo roteirista e produtor norte-americano Gene Roddenberry. Na verdade, Roddenberry “inventou” esse processo de transporte em 1964, quando foi escrito o roteiro do primeiro piloto do programa. Seu objetivo era economizar em cenas de naves aterrissando e dar mais agilidade à trama. Antes de Star Treck, porém, o escritor A. E. Van Vogt já havia desenvolvido o conceito em seu livro “The World of Null-A” (O Mundo do Zero-A), publicado em 1945.

    Se considerarmos que Star Trek popularizou o tele-transporte e o incluiu nos sonhos de consumo tecnológico da humanidade, podemos afirmar que há mais de 40 anos o homem sonha em desaparecer aqui e aparecer ali, mas a possibilidade de se encontrar uma solução para o problema ainda é bastante remota. As pesquisas na área mostram que o “como” fazer ainda é uma questão insolúvel, apesar dos esforços.

    Em 2004, cientistas norte-americanos e austríacos conseguiram, pela primeira vez, tele-transportar um átomo sem utilizar ligação física. Na verdade, os pesquisadores transferiram o chamado estado quântico do átomo, isto é, passaram algumas de suas propriedades físicas como energia, movimento e campo magnético para outro átomo. Antes que se especulassem sobre viagens interplanetárias, entretanto, os cientistas alertaram que esta ainda é uma possibilidade muito distante.

    Quanto a dirigir o automóvel pelo espaço, numa velocidade vertiginosa e sem perigo de trombadas, é um sonho de todo mundo que não quer mais passar dias de cão preso no trânsito caótico das cidades. Pois já há quem faça isso com extrema eficiência. Desde 1941 se sabe que os morcegos têm um sistema de radar que faz com que evitem os mínimos obstáculos, mesmo quando em grande velocidade.

    O bichinho emite pulsações sonoras de altíssima freqüência, milhares de ciclos acima do limite da capacidade auditiva humana. Numerosos feixes de ecos voltam a ele, que seleciona e analisa as informações. O processo é tão rápido que o morcego pode fazer ajustes de vôo em frações de segundo, de forma a evitar obstáculos ou detectar aberturas.
    Essa técnica, chamada de eco-localização, se adaptada aos automóveis do futuro, poderia tornar real o passeio de George Jetson com sua mulher Jane, seus filhos Elroy e Judy, o cãozinho de estimação Astro e Rose, a robô-empregada.

    E o amadurecimento?

    Jovens se formam, fazem estágio, vão ganhando experiência, até que podem escolher que rumo profissional levar. O fato de se ganhar mais ou menos dinheiro tem sido olhado, pela evolução natural da sociedade, como conseqüência de um processo cumulativo de experiência que envolve a formação teórica e prática. Rhonda Byrne e seus discípulos pegam outra verdade: a de que você não deve se preparar para uma determinada função e nem planejar como pagará suas dívidas, que o ideal é deixar tudo isso a cargo do Universo.

    Na página 101, Joe Vitale diz: “Eu posso imaginar o que muitas pessoas estão pensando: ‘Como eu posso atrair mais dinheiro para a minha vida? Como eu consigo mais verdinhas? Como eu consigo mais riqueza e prosperidade?’… Sua tarefa é dizer o que gostaria de ter no catálogo do Universo. Se dinheiro for uma dessas coisas, diga o quanto gostaria de ter. ‘Eu gostaria de ter 25 mil dólares nos próximos trinta dias’, ou o que quer que seja. Deve ser algo em que você possa acreditar”.

    Na seqüência, para reforçar o depoimento do guru Vitale, Rhonda escreve: “Se até então você pensou que um emprego era a única forma de ganhar dinheiro, esqueça isso imediatamente. Você entende que enquanto continuar a pensar assim, essa será a sua experiência? Pensamentos assim não servem para você”.

    “Agora você está compreendendo que há abundância para você, e seu trabalho não é descobrir “como” o dinheiro chegará. Seu trabalho é pedir, acreditar que irá receber, e ficar alegre desde agora. Deixe a cargo do Universo os detalhes de como isso chegará a você”.

    Ainda na seqüência, depois de afirmar que as pessoas vivem endividadas porque não conseguem parar de falar em dívidas, Bob Proctor ensina como acabar com elas: “Inicie um programa automático de quitação de dívidas e depois passe a se concentrar na prosperidade”.

    Ora, professor, se as pessoas fossem capazes de iniciar “um programa automático de quitação de dívidas”, ou qualquer coisa que tivesse o mesmo efeito, obviamente não teriam mais dívidas. Há os eternos endividados, casos patológicos – incapazes de administrar suas emoções, quanto mais suas finanças – mas daí a afirmar que a maioria das dívidas é supérflua, vai uma grande diferença.

    Finalmente, na página 179, depois de Jack Canfield – feliz autor de “The Success Principle” e co-criador da série “Chicken Soup for the Soul” – afirmar que quer se “colocar constantemente em estado de alegria”, como quando brinca com seu gato, ou dá um passeio, Rhonda complementa com um conselho que, se aceito, certamente aumentará em progressão geométrica o índice de desemprego entre os jovens:

    “Faça as coisas que lhe trazem prazer e alegria. Se você não sabe do que gosta, pergunte: ‘Qual é o meu prazer?’. E quando você encontrá-lo e se dedicar a ele, a lei da atração irá derramar em sua vida uma avalanche de coisas, pessoas, situações acontecimentos e oportunidades alegres, só porque você está irradiando alegria”.

    Hei Rhonda, é claro que todo mundo quer trabalhar com prazer. Mas será que os patrões, aqueles que no frigir dos ovos são os que impõem as regras, não deveriam ser os primeiros a saber e aplicar isso? Ou um jovem iniciante, que está prestes a conseguir um estágio depois de dezenas de tentativas frustradas, deve alertar o entrevistador de que só aceitará o cargo se puder fazer o que gosta?

    Ora, trabalhar no que dá prazer é uma meta justa, ninguém discute isso, mas as realidades sócio-econômicas de cada nação ou de cada região de um país dificultam essa escolha e, no máximo, a transformam em uma ambição futura, que viria acompanhada do amadurecimento profissional.

    Há muitas profissões essenciais nessa Terra, nem todas prazerosas. Porém, alguém tem de exercê-las. Nem todos podem ser escritores, palestrantes, consultores, profetas da riqueza e da prosperidade, homens-milagre, trans-religiosos progressistas não-alinhados, especialistas em marketing e físicos quânticos. Há muito mais a ser feito para o mundo continuar girando. E para tudo se exige competência e dedicação, com ou sem prazer.

  3. Fernanda Nogueira Schuttz

    Manoel,
    Desculpe, mas reli o que lhe enviei e percebi que não escrevi o nome do livro do Philip Hill. Ele se chama –Verdades e Mentiras sobre a Lei da Atração –e foi lançado no Brasil pela Editora Novo Século.
    Espero não tê-lo aborrecido com um post tão gigante. Se quiser apagar, vou entender. Mas antes dê uma lida e me responda, tá?

  4. Fernanda Nogueira Schuttz

    A propósito do livro The Secret, encontrei esta entrevista do professor Philip Hill no site Mundo Cultural:

    http://www.mundocultural.com.br/index.asp?url=http://www.mundocultural.com.br/artigos/artigo.asp?artigo=1149

  5. HOJE É O SEU DIA!
    “…Tu Senhor conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme: Porque ele confia em ti. Confiai no Senhor perpetuamente, porque o Senhor Deus é uma rocha eterna”.
    Que promessa temos a nosso favor de Deus! O Projeto Conquiste Riquezas Através do Segredo de Deus, não visa somente a questão das riquezas materiais, visa também as riquezas infinitas e benesses de Deus, tais como: as finanças, a saúde, a vida sentimental, o amor, a felicidade, a vida profissional e a vida espiritual; posso afirmar que conforme os diversos depoimentos listados no site: http://www.conquisteriquezas.com o Segredo de Deus está agindo e transformando vidas a cada minuto.
    Seja o próximo deixe Deus agir em parceria com você, em favor da sua vida. Resolva essa situação de vez e volte a sorrir.
    ACESSE: http://www.conquisteriquezas.com e use o mesmo método que milhares de pessoas vem usando e melhorando suas vidas. KIT SEGREDO DE DEUS.

    César Lustosa
    Praticante do Segredo de Deus

  6. E claro que e verdade a lei da atracao senpre fonsionou em todas nossas vida veja bem, quantas coisas evoluiu, se lenbre de algo que penssou ou sentiu no passado e isso essiste na sua vida de uma maneira conquistada mais sei uma coisa. a jente muda o mundo muda

  7. MUDE A SUA HISTÓRIA.
    O que você busca? + Dinheiro? + Amor? + Sucesso? + Promoção no trabalho + Prosperidade? + Saúde? + Felicidade? Enfim + o que?
    ACREDITE DEUS É O SEGREDO

    Você está cansado (a) de tudo não dar certo na sua vida?

    Nós também nos sentíamos assim, até que o grande SEGREDO foi revelado e funcionou com a gente também funcionará com você.

    Conquiste riquezas e tudo que desejar através do segredo de DEUS .

    Faça como nós e visite o SITE: http://www.kitconquisteriquezas.com.br
    PEDIDO: pedido@kitconquisteriquezas.com.br

    CREIA, TÃO SOMENTE!
    Qual é o seu desejo?
    ACESSE: http://www.kitconquisteriquezas.com.br

  8. Flávio Lopes

    Olá, é um prazer esta publicando algo a respeito da lei da atração. A alguns anos tive muitissimos problemas em minha vida, tentei suicidio por duas veses (não fui bem sucedido como podem ver), as complicações da vida nos mostra todos os dias o caminho certo a tomar… todos os dias ouvimos pessoas discutindo e talvez até brigando se ha ou nao um Deus. Acredito que ele está em cada um de nós e pronto é isso, mais sua mente é seu Deus, não limite seus pensamentos, seja real com vc mesmo, e tenha amor as coisas da sua vida, você acabou de ler esse artigo e perdeu ou ganhou tempo em sua vida, depende mais de você que de mim. Afinal, não seria possivel que vc viveria um dia inteiro, e não poderia tirar nada de proveito desse dia para toda sua vida, amanha talvez você não esteja mais aqui, e que tarde será. Pensem em coisas boas amigos, e sejam bondosos, veja que quando você faz o bem você se sentirá bem… Obrigado pela atenção.

  9. Olá eu Sou César Lustosa e é com imenso prazer que abrimos este espaço e agora em definitivo com a finalidade de lhe proporcionar as ferramentas necessárias pra lhe ajudar a aproximar da verdadeira fonte de vida. Deus é o único que é capaz de lhe tirar do vale da morte e te dar vida em todos os sentidos.
    São ensinamentos de fácil assimilação e de prática para o seu dia a dia. Tenho certeza que a sua vida, assim como a minha caminhará em passos precisos e verdadeiros nesta busca da prosperidade e da vida plena em todos os sentidos.
    O CURSO VENCENDO PELA FÉ TEM A FINALIDADE DE AJUDAR VOCÊ A VENCER E CRESCER EM TODOS OS SENTIDOS DA SUA VIDA. E É TOTALMENTE GRÁTIS. BASTA ACESSAR O LINK E BAIXAR E FAZER BOM USO.
    SOU GRATO A DEUS POR VOCÊ

    Creia Deus é o Segredo!
    O amor… Ainda que eu fale… se não tiver amor… nada serei….
    O Segredo das pessoas felizes e vencedoras estão definidos nos pilares mestres:
    Deus, Fé, Amor, Familia, Objetivos definidos. Amigos.
    Você tambem será morador da felicidade…. Será vencedor, viverá o amor, a paz, a alegria, a felicidade e a abundâncias.
    O Segredo da Prosperidade esta no amor….. Viva o amor… viva Deus….
    Buscai a mim em primeiro lugar e todas as coisas vos serão acrescentadas
    “Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
    Venha a nós o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu, o pão nosso de cada dia nos dá hoje.
    Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores.
    E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para todo o sempre. Amém”

    ACESSE O SITE: http://www.cursovencendopelafe.net
    OU vá direto para o link do CURSO
    http://www.cursovencendopelafe.net/3.html

  10. NewtonMonteiro Guimarães

    O segredo da vida, é ser ou não ser, é a felicidade que existe sim… Mas, que nós nunca alcaçamos, porque nós nunca estamos onde queremos, e nunca queremos onde nós, estamos. É uma árvore millagrosa que sonhomos… Uma esperança malograda que de nos enganar nunca se cansa, é sempre uma existência resumida em toda a nossa vida, é no pasado, no presente, no futuro, sempre será a mesma vida. Eu ja fui o que todos foram antes de me, e todos seram eu, depois de mim.
    Mas, é de se notar, que só quem um viu seu ideal mais puro derrubado, sentiu a dor ou não sem jamais ter blasfemado, volta de novo a vida purificando sua dor ou alegria na existência, pode dizer, de alma comovida, que o segredo da vida, é o amor a vida com imenso amor… Lembrar sempre, que : sempre quem viveu em brancas nuvens, e nunca sofreu… quem sempre viveu e sofereu o frio palido da desgraça e em placida adormeceu, não foi homem, foi expectro de homem passou pela vida e não viveu. O EXISTR EXITE PORQUE EXISTO, NADA MAIS EXISTE QUANDO EU NÃO EXITIR… o SEGREDO POR ASSIM PENSAR É ORTTOS SÃO OS HOMENS QUE VIVEM A VIDA , NÃO OS HOMENS QUE LAS JAS LOS TUBA FRIA SÃO LOS OMBRENS QUE VIVEM , MAS, QUE NÃO LOS VIVEM EM TODA VIA

  11. NewtonMonteiro Guimarães

    EM SUMA O SECREDO DA VIDA É O CONHECIMENTO A SABEDORIA O FINITO E O INFITO, EM FIM É TUDO QUE EXISTE EXISTE MAIS SEGREDOS ENTRE O CEU E TERRA QUE ESTAR UMA VELOCIDADE DE 300.000 KM POR SEGUNDO… HA ESTAMOS NO INFINITO ESTE PODE SER O SEGREDO . DE ONDE VEIO O MUNDO , E QUEM É VOCÊ?

  12. NewtonMonteiro Guimarães

    DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
    À PONTIFÍCIA ACADEMIA DAS CIÊNCIAS
    POR OCASIÃO DO PRIMEIRO CENTENÁRIO
    DO NASCIMENTO DE ALBERT EINSTEIN

    10 de Novembro de 1979

    Veneráveis Irmãos
    Excelência
    Senhoras, Senhores

    1. Agradeço vivamente a Vossa Excelência, Senhor Presidente, as palavras calorosas e dedicadas que me dirigiu no princípio do seu discurso e alegro-me também consigo como ainda com os Senhores Dirac e Weisskopf, ambos membros ilustres da Pontifícia Academia das Ciências, por esta comemoração solene do centenário do nascimento de Albert Einstein.

    A Sé Apostólica quer também prestar a Albert Einstein a homenagem que lhe é devida pela contribuição eminente que trouxe ao progresso da ciência, quer dizer, ao conhecimento da verdade, presente no mistério do universo.

    Sinto-me plenamente solidário com o meu Predecessor Pio XI e com os que lhe sucederam na Cátedra de Pedro, convidando os membros da Pontifícia Academia das Ciências, e todos os sábios com eles, a fazerem «progredir, cada vez mais nobre e intensamente, as ciências, sem nada lhes pedir a mais; isto porque, neste excelente propósito e neste nobre labor, consiste a missão de servir a verdade, da qual nós os encarregamos …» (Motu proprio In multis solaciis de 28 de Outubro de 1936, sobre a Pontifícia Academia das Ciências: AAS 28, 1936, p. 424).

    2. A investigação da verdade é a tarefa fundamental da ciência. O investigador, que se move nesta primeira vertente da ciência, sente toda a fascinação das palavras de Santo Agostinho: «Intellectum valde ama» (Santo Agostinho, Epist. 120, 3, 13; PL 33, 459), «ama muito a inteligência» e a função que lhe é própria, de conhecer a verdade. A ciência pura é um bem, digno de ser muito amado, porque ela é conhecimento e portanto perfeição do homem na sua inteligência. Antes mesmo das suas aplicações técnicas, deve ela ser honrada por si mesma, como parte integrante da cultura. A ciência fundamental é bem universal, que todos os povos devem poder cultivar em plena liberdade de qualquer forma de servidão internacional ou de colonialismo intelectual.

    A investigação fundamental deve ser livre diante dos poderes político e económico, que hão-de cooperar para o desenvolvimento dela, sem a deter na sua criatividade nem a fazer servir aos próprios interesses. Como toda a outra verdade, a verdade científica não tem, com efeito, de dar contas senão a si mesma e à Verdade suprema que é Deus, criador do homem e de todas as coisas.

    3. Na sua outra vertente, volta-se a ciência para as aplicações práticas, que encontram o pleno desenvolvimento nas diversas tecnologias. Na fase das suas realizações concretas, a ciência é necessária à humanidade para satisfazer as justas exigências da vida e vencer os diferentes males que a ameaçam. Não há dúvida que a ciência aplicada prestou e prestará ao homem serviços imensos, contanto que seja, ao menos um tanto, inspirada pelo amor, regulada pela sabedoria e acompanhada pela coragem que a defende contra a ingerência indevida de todos os poderes tirânicos. A ciência aplicada deve aliar-se à consciência para que, no trinómio ciência-tecnologia-consciência, seja servida a causa do verdadeiro bem do homem.

    4. Infelizmente, como tive ocasião de dizer na minha encíclica Redemptor Hominis «o homem de hoje parece estar sempre ameaçado por aquilo mesmo que produz … E nisto parece consistir o capítulo principal do drama da existência humana contemporânea» (Redemptor Hominis, 15). O homem deve sair vitorioso deste drama que ameaça degenerar em tragédia, e há-de encontrar a sua realeza autêntica sobre o mundo e o pleno domínio sobre as coisas que ele produz. Na hora actual, como eu escrevia na mesma encíclica «o sentido essencial desta ‘realeza’ e deste ‘domínio’ do homem sobre o mundo visível, que lhe foi confiado como tarefa pelo próprio Criador, consiste na prioridade da ética, no primado da pessoa sobre as coisas e na superioridade do espírito sobre a matéria» (Ibid. 16).

    Esta superioridade tripla mantém-se na medida em que se conserva o sentido da transcendência do homem sobre o mundo e de Deus sobre o homem. Exercendo a sua missão de guarda e advogada duma e outra transcendência, a Igreja julga ajudar a ciência a conservar a sua pureza ideal na vertente da investigação fundamental, e a desempenhar o seu serviço em favor do homem na vertente das suas aplicações práticas.

    5. A Igreja reconhece de boa vontade, por outro lado, ter beneficiado da ciência. É a esta, entre outras, que é preciso atribuir o que o Concílio disse a propósito de certos aspectos da cultura moderna: «As condições novas afectam igualmente a própria vida religiosa … O desenvolvimento do espírito crítico purifica-a duma concepção mágica do mundo e de reminiscências supersticiosas, e exige uma adesão cada vez mais pessoal e activa à fé, o que faz que sejam numerosos aqueles que atingem um sentido mais vivo de Deus» (Gaudium et Spes, 7).

    A colaboração entre religião e ciência moderna resulta em vantagem para uma e para outra, sem violar de nenhum modo as suas autonomias respectivas. Do mesmo modo que a religião exige a liberdade religiosa, a ciência reivindica legitimamente a liberdade da investigação. O Concílio ecuménico Vaticano II, depois de reafirmar, com o Concílio Vaticano I, a justa liberdade das artes e das disciplinas humanas no campo dos seus princípios, reconhece solenemente «a autonomia legítima da cultura e em particular a das ciências» (Ibid. 59). Ao realizar-se esta comemoração solene de Einstein, desejaria confirmar de novo as declarações do Concílio sobre a autonomia da ciência no seu trabalho de investigação sobre a verdade inscrita na criação pelo dedo de Deus. Cheia de admiração pelo génio do grande sábio em que se revela a marca do Espírito criador, a Igreja, sem intervir de qualquer modo, por um juízo que não lhe pertence formular, sobre a doutrina relativa aos grandes sistemas do universo, propõe-na todavia à reflexão de teólogos para descobrir a harmonia que existe entre a verdade científica e a verdade revelada.

    6. Senhor Presidente. Disse Vossa Excelência com muita razão no seu discurso que Galileu e Einstein caracterizaram uma época. A grandeza de Galileu é a todos conhecida, como a de Einstein; mas diferentemente deste; que nós honramos hoje diante do Colégio Cardinalício no palácio apostólico, o primeiro muito teve que sofrer — não poderíamos escondê-lo — da parte de homens e organismos da Igreja. O Concílio Vaticano reconheceu e deplorou certas intervenções indevidas: «Seja-nos permitido lamentar — está escrito no número 36 da constituição conciliar Gaudium et Spes — certas atitudes que existiram até entre os próprios cristãos, por não terem entendido suficientemente a legítima autonomia da ciência. Fontes de tensões e de conflitos, elas levaram muitos espíritos a pensar que ciência e fé se opõem». A referência a Galileu está expressa claramente na nota relativa a este texto, que cita o volume Vita e opere di Galileo Galilei de Mons. Pio Paschini, editado pela Pontifícia Academia das Ciências.

    Indo além desta tomada de posição do Concílio, desejo que teólogos, sábios e historiadores, animados por espírito de sincera colaboração, aprofundem o exame do caso de Galileu e, num reconhecimento leal dos erros de qualquer lado que tenham vindo, façam desaparecer as desconfianças que este assunto opõe ainda, em muitos espíritos, a uma concórdia frutuosa entre ciência e fé, entre a Igreja e o mundo. Dou todo o meu apoio a esta tarefa, que poderá honrar a verdade da fé e da ciência, e abrir a porta a futuras colaborações.

    7. Seja-me permitido, Senhores, submeter à vossa atenção e reflexão alguns pontos que me parecem importantes para colocar de novo na sua verdadeira luz a questão de Galileu, em que as concordâncias entre religião e ciência são mais numerosas, e sobretudo mais importantes, que as incompreensões de que nasceu o conflito áspero e doloroso que se prolongou durante os séculos seguintes.

    Aquele, que é chamado a justo título fundador da física moderna, declarou explicitamente que as duas verdades, de fé e de ciência, não podem nunca contradizer-se, «procedendo igualmente do Verbo divino a Escritura santa e a natureza, a primeira como ditada pelo Espírito Santo, a segunda como executora fidelíssima das ordens de Deus», segundo ele escreveu na carta ao Padre Benedetto Castelli a 21 de Dezembro de 1613 (Edição nacional das obras de Galileu, vol. V, pp. 282-285). O Concílio Vaticano II não se exprime diferentemente; retoma mesmo expressões semelhantes quando ensina: «A investigação metódica, em todos os campos do saber, se é realizada de modo verdadeiramente científico e conforme às normas morais, não será nunca contrária à fé, porque as realidades temporais e as realidades da fé têm a sua origem no mesmo Deus» (Gaudium et Spes, 36).

    Galileu manifesta na sua investigação científica a presença do Criador que o estimula, que se antecipa às suas intuições e as ajuda, operando no mais profundo do seu espírito. A propósito da invenção da luneta astronómica, escreve no princípio do Sidereus Nuncius, recordando algumas das suas descobertas astronómicas: «Quae omnia ope Perspicilli a me excogitati divina prius illuminante gratia, paucis abhinc diebus reperta, atque observata fuerunt» (Sidereus Nuncius, Venetiis apud Thomam Baglionum, MDCX, fol. 4). «Tudo isto foi descoberto e observado nestes últimos dias, graças ao ‘telescópio’ que inventei, depois de ser iluminado pela graça divina».

    A confissão galileana da iluminação divina no espírito do sábio encontra eco no texto já citado da Constituição conciliar da Igreja no mundo contemporâneo: «Quem, com perseverança e humildade, se esforça por penetrar nos segredos da realidade, é conduzido, embora sem o saber, como que pela mão de Deus» (Loc. cit.). A humildade, sobre que insiste o texto conciliar, é virtude do espírito, necessária tanto para a investigação científica como para a adesão à fé. A humildade gera clima favorável ao diálogo entre o crente e o sábio, invoca a iluminação de Deus, já conhecido ou ainda desconhecido mas amado, num caso como noutro, por aquele que investiga humildemente a verdade.

    8. Galileu formulou normas importantes de carácter epistemológico, que se mostram indispensáveis para pôr de acordo a Escritura sagrada e a ciência. Na sua carta à Grã-duquesa mãe, da Toscana, Cristina de Lorena, reafirma a verdade da Escritura: «A Sagrada Escritura não pode nunca mentir, sob condição todavia de que seja penetrado o seu verdadeiro sentido, que — não julgo poder negar-se — está muitas vezes oculto e é diferentíssimo daquele que parece indicar o simples significado das palavras» (Edição nacional das obras de Galileu, vol. V, p. 315). Galileu introduz o princípio duma interpretação dos livros sagrados, que vai além do sentido literal mas é conforme ao intento e ao tipo de exposição que são próprios de cada um deles. É necessário, como afirma, que «os sábios que a expõem mostrem os sentidos verdadeiros dela».

    O magistério eclesiástico admite a pluralidade das regras de interpretação da Sagrada Escritura. Ensina expressamente, de facto, com a encíclica Divino afflante Spiritu de Pio XII, a presença de géneros literários diferentes nos livros sagrados e portanto a necessidade de interpretações conformes ao carácter de cada um deles.

    As concordâncias diversas que recordei não resolvem sozinhas todos os problemas da questão de Galileu, mas contribuem para criar um ponto de partida favorável para a solução honrosa deles, um estado de alma propício à solução honesta e real de velhas oposições.

    A existência desta Pontifícia Academia das Ciências, à qual Galileu foi dalguma maneira associado por meio da instituição antiga, que precedeu aquela de que hoje fazem parte sábios eminentes, é sinal visível que mostra aos povos, sem qualquer forma de discriminação racial ou religiosa, a harmonia profunda que pode existir entre as verdades da ciência e as verdades da fé.

    9. Além da fundação da vossa Academia pontifícia por Pio XI, o meu predecessor João XXIII desejou que a Igreja contribuísse para promover o progresso científico e para o recompensar, instituiu a medalha de Pio XI. Em conformidade com a designação feita pelo Conselho da Academia, tenho o prazer de conferir esta alta distinção a um jovem investigador, o Doutor António Paes de Carvalho, cujos trabalhos de busca fundamental trouxeram contributo importante ao progresso da ciência e ao bem da humanidade.

    10. Senhor Presidente e Senhores Académicos: diante dos Eminentíssimos Cardeais aqui presentes, do Corpo diplomático acreditado junto da Santa Sé, dos ilustres sábios e de todas as personalidades que assistem a esta sessão académica, desejava eu declarar que a Igreja universal, a Igreja de Roma unida a todas as que há no mundo, atribui grande importância à função da Pontifícia Academia das Ciências.

    O título de pontifícia, atribuído a esta Academia, significa, não o ignorais, o interesse e o apoio da Igreja que se manifestam sob formas bem diversas, sem dúvida, das do antigo mecenatismo, mas não menos profundas e eficazes. Como escrevia o insigne e saudoso Presidente da vossa Academia, Monsenhor Lemaitre: «Precisaria a Igreja da ciência? Certamente que não, a cruz e o evangelho bastam-lhe. Mas ao cristão nada de humano é alheio. Como poderia a Igreja desinteressar-se da mais nobre das ocupações estritamente humanas: a busca da verdade?» (O. Godard- M. Heller, Les relations entre la science et ta foi chez Georges Lemaître, Pontificia Academia Scientiarum Commentarii, vol. III, n. 21, p. 7) .

    Nesta Academia que é vossa e minha, colaboram sábios crentes e não crentes, colaboram concordando na busca da verdade científica e no respeito das crenças alheias. Seja-me permitido citar ainda aqui uma página luminosa de Monsenhor Lemaître: «Ambos (o sábio crente e o sábio não crente) se esforçam por decifrar o palimpsesto multiplamente imbricado da natureza, em que os vestígios das diversas épocas da longa evolução do mundo se foram cobrindo e confundindo. O crente possui talvez a vantagem de saber que o enigma tem solução, que a escrita subjacente é afinal obra dum ser inteligente, portanto que o problema apresentado pela natureza foi posto para ser resolvido, e que a sua dificuldade é sem dúvida proporcionada à capacidade presente ou futura da humanidade. Isto não lhe dará talvez novos recursos na investigação, mas contribuirá para o conservar neste são optimismo sem o qual um esforço suportado não pode manter-se muito tempo» (O.c., p. 11).

    Desejo-vos a todos este optimismo são, de que fala Monsenhor Lemaître, optimismo que vai buscar a sua origem misteriosa mas real, ao Deus em que pusestes a vossa fé, ou ao Deus desconhecido para o qual tende a verdade que é o objecto das vossas investigações iluminadas.

    A ciência, que professais, Senhores Académicos e Senhores sábios, no campo da investigação pura como no da investigação aplicada, oxalá ajude a humanidade, com o apoio da religião e em concordância com ela, a encontrar o caminho da esperança e a atingir o fim último da paz e da fé.

    Copyright © Libreria Editrice Vaticana

  13. Karen Ramos

    É verdade, na maioria das vezes nós, nos perguntamos; porque isso só acontece comigo? porém nunca analisamos que estas acontecem, pois atraímos ela. Por nós pensarmos de mais em uma determinada coisa ou situação, acabamos trazendo
    para nós. Isto se dá pela famosa LEI, que é a Lei da Atração.

  14. roberto

    Adoro a Lei da Atração:
    E ultimamente eu treinei minha mente para ficar jovem e saudável para SEMPRE. Graças a lei da atração podemos agora ser ETERNOS (todos pensam nisso não é mesmo?)

  15. Juliana SP

    Olá, há 12 anos venho pesquisando sobre as leis do sucesso e posso afirmar que o trabalho com 110% de dedicação,120% de disciplina, 130% de foco e 140% de fé inabalável, é o verdadeiro segredo para realizar qualquer coisa em qualquer área.

  16. ricardo lemos

    acredito na lei da atraçao como acredito que deus exista!se voce faz coisas boas e pensa coisas boas deus atraira coisas boas para sua vida porque deus é o bem voce atraí essa energia divina assim como atraí o mal e o demonio!voce só precisa escolher o que você quer para sua vida entao se voce tem uma vida boa harmoniósa sem pertubaço~es agradeça a deus!

  17. fernanda

    com certeza tudo se move com a força do nossos pensamento, quando pensamos negativamente as coisas negativas voulta para si, e quando pensamos positivo tudo de bom acontece. temos que para de pensar no que não queremos. a lei da atração e verdadeira temos um poder dentro de nos, que poucas pessoas conhece.se todos soubece usar este poder, talves o nosso mundo seria melhor.

  18. Lauri José

    Olá
    Preciso para fins de uso didático de cópia do Documentário “Sidereus nuncius” Galileu: mensageiro das estrelas.
    Quanto custa e quanto tempo leva para recebe-lo?
    Atenciosamente
    Professor Lauri

  19. Dean

    ohhh man, the secret this life is the save peaple and the world is finalled in 2012, common sam, bye man, the goods like you man!

  20. Alguem

    veio o segredo da vida e se rende ao sistema, nao tem outra, faz faculdade, arranje um bom emprego, uma boa mulher e tenha lindos filhos, depois aproveite sua aposentadoria viajando pelo mundo para paises como estados unidos, alemanha, inglaterra e tals, abraçao e se pucha que nao tem geito, o que vem depois disso so deus sabe dae

  21. Vagner

    Kamerramerrá ))))

  22. Filipe

    Muito interessante

    Adorei

  23. Heli

    Eu acredito sim na lei da atração, e não vejo complicações nenhuma como as citada acima. O difícil é se manter dentro da fé incondicional. Sempre sempre e sempre agradecer por tudo que se é conquistado, desde as grandes até pequenas coisas. Tentar se afastar de pensamentos ruins a, se policiar. Não desejar nada de mal e sim, desejar tudo de bom ao próximo. E quando a chance da conquista aparecer, agarre com toda força. O que concretamente se deve fazer, arregaçar as mangas, ir a luta e coisa e tal, naturalmente vai acontecendo. Não quer dizer que vamos receber tudo de mãos beijadas.
    Quando passei a seguir o segredo, achei um massetinho que muito me ajudou. Vejo que me sinto mais forte apartir do momento em que tento convencer outras pessoas a ler ou assitir o vídio. Ou quando eu explico como tudo acontece, como tudo funciona. Me dá a sensação de que minha fé está cada vez mais forte, mais inabalável.

  24. SERGIO AUGUSTO DIBNER MARAVALHAS

    eu, SERGIO AUGUSTO DIBENR MARAVALHAS DECLARO TER NOÇÃO BOA DE MENTE ATRATIVA AO POSITIVO, PODERIA CONTAR MUITA COISA QUE ACONTECEU COMIGO. mail dibner@hotmail.com

  25. Vander Port

    As coisas só acontecem de verdade quando você tem fé. Mas o que é a fé no cerebro? Como o cerebro interpreta a nossa fé, que sentimento e ou pensamento é este que pode até mover montanhas. Qual é o mecanismo da fé que tantos tiveram na epoca de Cristo e com esta mesma fé eles obtiveram curas de seus males. Como é ter fé de verdade, pois dizem só ela é que pode fazer milagres.

  26. Thiago

    Óla,meu nome e Thiago como mostra ai encima haha,eu tenho 18 anos apenas,fui apresentado as Secredo da vida por acaso,meu amigo tinha esse dvd que mostrava,de principio eu não compreendi muito bem pós na época tinha 16 anos,após ver o dvd varias vezes eu entendi e decidi por a prova,primeiro eu agradeci pelo que tinha,depois pensei no que queria e por ultimo mentalizei e tentar sentir ao maximo como seria se eu tivesse o que queria,então passado algum tempo eu consegui o que queria,achei que era conhecidencia e testei novamente,e funciono realmente aquilo realmente era verdade a lei da atrasão,então eu comecei a buscar mais um modo mais forte de atrair as coisas boas,eu pensei se tudo e energia então tudo esta ligado comecei a tentar sentir a energia ao meu redor usando a energia da natureza pra ampliar a minha própria, eu consigo agora mais concentração agora eu quero atrair estabilidade para minha vida pra mim poder se dedicar ao maximo com isso.

  27. wagner

    Realmente, as vezes é preciso esforço fisico para atingir seus objetivos.
    Mas antes do fisico vc deverá está com o psicologico ativo.

    é verdade que o ser humano tem poderes incriveis, mas por conta da ignorancia do homem, passamos a desacreditar no poder da mente, conforme desacreditamos ele vai deixando de existir.

    no meu ver esta é a unica coisa que liga a religião com a ciencia, pensei direitinho, eu posso ver pessoas que fazia mas de anos que não tinha visto.

    Eu m concentro… geralmente quando estou perto d dormir, pesso do fundo do meu coração para ver aquela pessoa, desde d q esteja viva é claro (nunca tentei com mortos rsrsrsr), tentem e tenham o mesmo resultado q eu. chato é q vc não sabe quando e onde, derrepende quando vc menos espera pow a pessoa aparece. comigo tem dado certo.

    agora vou m concentrar p ver se ganho uma graninha, pois estou devendo até os fios dos meus cabelos kkkkkkkkkkkkkkkk (Lula deve mais do q eu e não ta nem aí)

    taí meu email: wagnerwpo_@hotmail
    foi mal pelos erros, é q estou no trabalho tenho q digitar rapido p seboso do meu patrão não ver rsrsrs fui……

  28. ROSANGELA

    Oi.
    Eu,Rosangela Noely Stasiuk declaro que hoje estou passando por um daqueles dias que não deveria nem ter tirado o pé da cama.
    Vou colocar colocar o tico e teco para trabalhar e ver se algo de bom realmente acontece.

  29. Ismi

    Eu sou mais um que acrdita na lei da atração pois felizmente hoje consegui dar um novo rumo pra minha vida e hoje me vejo numa luta constante por aquilo que acrédito e quero pra minha vida. Um dos exemplos que eu gostaria de partilhar é o seguinte: eu sou um jovem de 18anos de idade, faço primeiro ano da faculdade de engenharia civil e ainda sou dependente dos meus pais e o que aconteceu é que eu vou ser PAI daqui a uns 4meses e a mäe do meu futuro filho esta no fim do nivel médio. O segredo começou a fazer parte da minha vida quando eu não tinha onde tirar forças e por acaso um vez um amigo deu-me o segredo a uns 3meses atrais numa fase em que comesei a usar porque eu não queria ter esse filho e lutava pra que a mãe não o tivesse + foi envão + não sabia que dali viria a minha maior felicidade porque hoje a familia dela e a minha estão dispostos a ajudar-nos e hoje me sinto feliz porque me emociono ao pensar no meu futuro filho e mais ainda, eu amo a mãe do meu filho e isso consegui por USAR O SEGREDO e a FÉ EM DEUS pra alcansar minha felicidade. Eu sou , tenho e farei sempre o que eu quizer por acreditar nisso!

  30. Everson

    Um texto bem cético. Algumas pessoas acabam confundindo a força do pensamento com Deus ou Deuses, mais é tudo ela mesma, ela acaba não dando crédito pra si mesmo que conseguiu o objetivo e acaba dando crédito para um Deus que nem existe.
    Gostei do texto.

  31. SERGIO AUGUSTO DIBNER MARAVALHAS

    declaração eu SERGIO AUGUSTO DIBNER MARAVALHAS EU AMO MUITO ROSÂNGELA NOELY STASIUK em CURITIBA estado do PARANÁ e peço perdão por ter deletado de meu facebook eu estava muito confuso e fiz besteira quero que me perdoe em nome de DEUS pai todo poderoso amem . 41 87096380 claro

  32. SERGIO AUGUSTO DIBNER MARAVALHAS

    boa noite, declaração de amor paea ROSÂNGELA NOELY STASIUK desejo que me ame muito porque desejo me casar com você, hoje não tenho condições de te dar um beijo mas espero oferecer mil beijos no futuro . 41 87096380

  33. SERGIO AUGUSTO DIBNER MARAVALHAS

    1,82 DE ALTURA , 88 KILOS BRANCO,casado, com ROSÂNGELA STASIUK MARAVALHAS , 41-87096380 /CURITIBA/PARANÁ . mail sergiomaravalhas@gmail.com . desejo conhecer muito a europa passar muitos anos por lá./////////////////////Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões. Porque quase tudo – expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar – caem diante da morte, deixando apenas o que é apenas importante. Não há razão para não seguir o seu coração. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir seu coração.”

    “Às vezes a vida te bate com um tijolo na cabeça. Não perca a fé. Estou convencido de que a única coisa que me fez continuar foi que eu amava o que eu fazia. Você precisa encontrar o que você ama. E isso vale para o seu trabalho e para seus amores. Seu trabalho irá tomar uma grande parte da sua vida e o único meio de ficar satisfeito é fazer o que você acredita ser um grande trabalho. E o único meio de se fazer um grande trabalho é amando o que você faz. Caso você ainda não tenha encontrado, continue procurando. Não pare. Do mesmo modo como todos os problemas do coração, você saberá quando encontrar. E, como em qualquer relacionamento longo, só fica melhor e melhor ao longo dos anos. Por isso, continue procurando até encontrar, não pare”

    “Não tenha medo de seguir o seu coração ou sua intuição, pois eles sabem o que você pode se tornar e até onde pode chegar. Todo o resto é secundário”.

    ?Você não pode conectar os pontos olhando para a frente; você só pode conectar os pontos olhando para trás. Assim, você precisa acreditar que os pontos irão se conectar de alguma maneira no futuro. Você precisa acreditar em alguma coisa ? na sua coragem, no seu destino, na sua vida, no karma, em qualquer coisa. Este pensamento nunca me deixou na mão, e fez toda a diferença na minha vida.?

    ?Seu tempo é limitado. Por isso, não perca tempo em viver a vida de outra pessoa. Não se prenda pelo dogma, que nada mais é do que viver pelos resultados das ideias de outras pessoas?

    “Ninguém quer morrer. Mesmo as pessoas que querem chegar ao paraíso não querem morrer para estar lá. Mas, apesar disso, a morte é um destino de todos nós. Ninguém nunca escapou. E deve ser assim, porque a morte é provavelmente a maior invenção da vida. É o agente de transformação da vida. Ela elimina os antigos e abre caminho para os novos”http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=3kLMfPg5NKc

Leave a Reply

Theme by Anders Norén